Notícia

img

CONCURSO MPU: CONTRATO COM CEBRASPE é ASSINADO


Novo avanço no concurso MPU. O contrato entre o Cebraspe, organizador, e o Ministério Público da União foi assinado. O extrato da assinatura saiu no Diário Oficial desta segunda-feira, dia 20. Com isso, o único entrave para a abertura da seleção agora é a conclusão do concurso de remoção interna, prevista para esta terça-feira, dia 21. 

O edital pode sair ainda esta semana. A dispensa de licitação oficializando a banca de Brasília saiu no último dia 16. De acordo com o MPU, o edital sairá o quanto antes e as provas acontecerão este ano. 

A previsão inicial era que o documento fosse publicado em outubro, o que deve ser adiantado em função da urgência por novos servidores. Faltam 1.844, considerando apenas os dois cargos do concurso - técnico administrativo e analista de direito.

Tradicionalmente, as provas dos concursos MPU são realizadas dois meses após a divulgação do edital. Por isso, com o edital saindo em agosto, as provas poderão ficar para outubro ou novembro. Isso, porém, ainda não foi confirmado. 

A comissão responsável pelo concurso revelou que a liberação do edital depende do resultado do concurso de remoção interna, aberto na última quarta, 15, e previsto para ser encerrado nesta terça, 21.  

Essa seleção interna tem o objetivo de dar possibilidade de os próprios servidores do MPU ocuparem os cargos vagos, antes de o órgão preenchê-los com novos aprovados. As vacâncias dos estados que restarem com necessidades após a seleção interna serão incluídas no concurso público em cadastro de reserva. 

No momento, o MPU trabalha na finalização de detalhes do edital com o Cebraspe, banca organizadora.  O MPU planeja abrir concurso para os cargos de técnico de administração (nível médio e R$7.618,61) e analista de direito (nível superior na área e R$11.916,90 já com auxílio alimentação de R$910,08).

Fonte: folha dirigida