Notícia

img

GOVERNADOR ANUNCIA EDITAL DO CONCURSO POLíCIA CIVIL-DF PARA ABRIL


 

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou que o concurso público da Polícia Civil será aberto em abril.

O edital do concurso Polícia Civil- para os cargos de agente e escrivão será divulgado em abril. O anúncio é do próprio governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, de acordo com uma nota oficial divulgada pela Agência de Brasília.

O chefe do executivo anunciou a abertura do concurso para daqui a dois meses, nesta terça-feira, 19, durante o evento que marcou o anúncio da proposta de paridade salarial da Polícia Civil do Distrito Federal com a Polícia Federal.

Ibaneis Rocha confirma ainda que serão oferecidas 1.800 vagas, sendo 1.500 de agente e 300 para escrivães. O objetivo em aumentar o quadro da Polícia Civil é reforçar a segurança pública do Distrito Federal.

Ibaneis Rocha confirma ainda que serão oferecidas 1.800 vagas, sendo 1.500 de agente e 300 para escrivães. O objetivo em aumentar o quadro da Polícia Civil é reforçar a segurança pública do Distrito Federal.

No entanto, com o anúncio do governador tudo indica que o aval deverá sair nas próximas semanas. Isso porque a corporação ainda precisa contratar a banca organizadora e ter tempo hábil para elaborar o edital do concurso.

Polícia Civil desmente ter definido banca do concurso

Um dos próximos passos após a publicação do aval será a escolha da banca organizadora. No entanto, a Polícia Civil já veio a público desmentir todos os rumores de que já definiu o nome da empresa que cará responsável pela seleção.

Isso porque na última semana começou a circular uma imagem do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), que aponta o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) como a banca escolhida.

Por meio de sua conta oficial do Facebook, a corporação esclareceu que tal imagem não tem qualquer veracidade e que ainda aguarda pelo aval. Nos últimos dias, foram mais de 15 movimentações no sistema em que tramita o processo.

Outro fator que pode indicar uma autorização cada vez mais próxima é a suspensão da ação do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF). Em janeiro, uma decisão judicial voltou atrás com a medida que permitia convocar candidatos remanescentes.

Esses candidatos, de acordo com a ação, seriam convocados para um novo curso de formação. No entanto, a medida não constava o edital do concurso, que indicava a eliminação de candidatos a partir da 901º, independentemente da nota obtida.

Sendo assim, a ação do TC-DF permitiria convocar candidatos já eliminados e impedia que o concurso fosse autorizado.

Carência da PC-DF é maior do que vagas previstas

Mesmo com um número de vagas expressivo (1.800), o próximo concurso da Polícia Civil-DF não será capaz de suprir todo o déficit da corporação. Isso porque são 3.568 cargos vagos, de acordo com informações obtidas no portal da transparência. 

Mesmo com um número de vagas expressivo (1.800), o próximo concurso da Polícia Civil-DF não será capaz de suprir todo o déficit da corporação. Isso porque são 3.568 cargos vagos, de acordo com informações obtidas no portal da transparência. 

Já para o escrivão, estão ocupados apenas 388 do que está previsto em lei, somando uma carência de 612 profissionais. Tanto o agente, como o escrivão exigem nível superior e proporcionam as seguintes remunerações: