Notícia

img

CONCURSO TRF4: SAI EDITAL PARA TéCNICOS E ANALISTAS


O TRF4 publicou o edital do concurso que ofertará vagas para cargos de níveis médio, técnico e superior.

Saiu o edital do concurso TRF4! A seleção do Tribunal Regional Federal da 4° região, com jurisdição nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, é para formar cadastro de reserva na área de apoio.

Os cargos contemplados são nos níveis médio, médio/técnico e superior. Os ganhos chegam a R$16.719,66, e o regime de contratação é o estatutário, com estabilidade. 

As oportunidades são para técnico, nas áreas: Administrativa (nível médio); Segurança e Transporte (nível médio e carteira de habilitação nas categorias D ou E); e Contabilidade. Neste último caso é preciso ter curso técnico na área.

A remuneração para técnicos do TRF4 é de R$8.501,45, já contando o valor da Gratificação de Atividade Judiciária e o auxílio-alimentação de R$910,08.  O salário para o cargo de técnico de segurança e transporte é um pouco maior, fica em R$9.608,52.

As demais vagas serão para analista, nas especialidades de Informática e Oficial de Justiça Avaliador Federal. O primeiro têm exigência de nível superior em Informática, enquanto o segundo exige graduação em Direito.  

Para analistas na área de Informática a remuneração é de R$13.345,38. Já os analistas na especialidade de Oficial de Justiça Avaliador Federal têm direito a uma remuneração de R$16.719,66. Os valores também já contam com os benefícios. A carga de trabalho dos servidores será de 40 horas por semana. 

Inscrições terão início em 3 de junho

Todos os candidatos farão provas objetivas e discursivas. A prova objetiva do concurso está marcada para o dia 4 de agosto e será realizada em Canoas, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo e Uruguaiana, no Estado do Rio Grande do Sul.

Além disso, haverá aplicação em Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages, no Estado de Santa Catarina; e Cascavel, Curitiba, Guarapuava, Londrina e Umuarama, no Estado do Paraná.

A avaliação será composta por 50 questões, dividas pelas disciplinas de Português, Raciocínio Lógico-Matemático e Conhecimentos Especifícos. Já as provas discursivas consistirão na elaboração de um Estudo de Caso para analistas e uma Redação para técnicos.

Fonte | Folha Dirigida