Notícia

img

CONCURSOS CEARá: GOVERNADOR FALA SOBRE NOVOS EDITAIS E CONVOCAçõES


O governador do Ceará, Camilo Santana, voltou a falar sobre os concursos que estão previstos no estado e o prazo para as convocações

O governador do Ceará, Camilo Santana, voltou a falar sobre a realização de novos concursos e convocações dos aprovados em seleções já homologadas. Esta é a primeira vez que o chefe do Executivo fala sobre novos editais, após anunciar, em maio deste ano, a suspensão temporária de concursos e chamamentos no estado

Na última sexta-feira, 5, o governador confirmou que realizará os concursos públicos da Polícia Militar e Civil do Ceará. Segundo ele, os novos editais para as corporações serão publicados ainda este ano. 

“Vamos fazer novos concursos, que é importante, da Polícia Militar. Todo ano policiais militares vão pra reserva, então preciso repor esses policiais, vou ter que ter novos policiais. Vou ter que fazer concurso novo para a Polícia Civil. Estamos planejando, tudo depende do momento da economia brasileira", disse o governador.

Sobre os aprovados em concursos já homologados e que aguardam por suas convocações, o governador falou que vai convocar todos os candidatos habilitados, dentro do prazo de validade das seleções. 

"O que eu posso garantir é que todos os concursos que eu z, eu vou chamar, tenho quatro anos pra isso. Se o estado consegue arrecadar mais, ele tem capacidade de contratar mais servidores, ampliar os seus serviços. Esse é o nosso objetivo", disse Camilo Santana.

Entenda a suspensão de concursos no Ceará

Em maio deste ano, o governador Camilo Santana confirmou a suspensão temporária de novos concursos públicos e convocações. Na ocasião, ele informou que era preciso acompanhar os gastos e a economia brasileira.

"Eu tenho trabalhado com todo o planejamento. Estamos apenas suspendendo os concursos, até o segundo semestre. O estado tem um limite de gastos com pessoal. Até setembro, que já está chegando, vamos aguardar para avaliar o comportamento da economia do Brasil", disse o governador.

O anúncio do governador ocorreu no dia 28 de maio, um dia após o secretário de Planejamento, Mauro Benevides Filho, armar que o Governo do Ceará deveria voltar ao "patamar de gastos previstos". Para isso, os concursos seriam suspensos temporariamente. 

"Nós vamos ter que segurar, como eu disse, concursos, chamamentos e homologações. Feita esta readequação, obviamente nós vamos analisar e conversar com as categorias para, quando for lá em setembro, analisarmos de novo os números", armou o secretário.