Notícia

img

COMENTÁRIOS ÀS PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA – PC-CE/2021


  • AS QUESTÕES AQUI COMENTADAS DIZEM RESPEITO AO ASPECTO DE GRAMÁTICA DO TEXTO:

 

- ESCRIVÃO DE POLÍCIA CIVIL:

A pergunta central era: a quantidade seria compatível com processos puramente geológicos? (linha 19) Assinale a alternativa em que, inserindo-se um pronome com valor catafórico, tenha-se mantido correção gramatical para o período acima.

A) A pergunta central era essa: a quantidade seria compatível com processos puramente geológicos?

B) A pergunta central era tal: a quantidade seria compatível com processos puramente geológicos?

C) A pergunta central era aquela: a quantidade seria compatível com processos puramente geológicos?

D) A pergunta central era esta: a quantidade seria compatível com processos puramente geológicos?

E) A pergunta central era a mesma: a quantidade seria compatível com processos puramente geológicos?

 

COMENTÁRIOS: Em que pese, considerando os aspectos gramaticais e, mais ainda, textuais de coesão referencial, outras assertivas também configurarem aspecto de referenciação catafórica, como a “E”, outrosssim concebendo-se exclusivamente o critério de “correção gramatical” exigido no comando da questão, ademais valendo-nos da alusão a “uma só ideia/período” posterior, tem-se como alternativa plausível ao quesito a letra “D”.

 

Assinale a alternativa em que o termo indicado desempenhe, no texto, função sintática igual à de Cassini (linha 9).

A) de Saturno (linha 2) – indicação de “posse”, portanto, ADJUNTO ADNOMINAL

B) Jane Greaves (linha 4) – Trata-se de AGENTE DA PASSIVA relativo ao sujeito paciente – “pesquisadores”

C) Nature Astronomy (linha 8)

D) saturnina (linha 12) – ADJUNTO ADNOMINAL que caracteriza o substantivo com o qual se relaciona “lua” (núcleo)

E) de Ferrière e Mazevet (linha 16) – indicação, concomitantemente, de “posse” como também de “agentes da ação”, configurando, por tais semânticas, ADJUNTO ADNOMINAL

 

COMENTÁRIOS: Trata-se de um “Aposto Especificativo”, com vistas a percebermos que o substantivo em tela no enunciado delimita a “nomeação” dada à respectiva “sonda” o que, consoante justificado, também se observa, em termos de relação entre “revista” e “Nature Astronomy”, sendo essa, dessarte, o gabarito à questão.

 

Assinale a alternativa em que o termo indicado desempenhe, no texto, papel adjetivo.

A) Vênus (linha 5)

B) publicado (linha 8)

C) achados (linha 8)

D) metano (linha 9)

E) muitas (linha 12)

 

COMENTÁRIOS: Considerando que “termo adjetivo” consiste em classe, qual seja, que cumpra “papel”, junto ao “núcleo” com que se relacionar, de “determinante”, leia-se acompanhante, ou mesmo de caracterizador do “nome” ao qual fizer menção, as assertivas que se moldam a tais conceituações são “B” (adjetivo em forma nominal do particípio, funcionando sintaticamente como predicativo do sujeito, vinculado a este por meio do verbo de ligação “foi”) e “E” (pronome indefinido e, como está na condição de determinante/acompanhante do núcleo substantivo “formas”, desempenha, também, “papel adjetivo”, devendo ser classificado como “Pronome Indefinido Adjetivo” e sintaticamente com Adjunto Adnominal), revelando-nos, destarte, questão com possiBilidade de impetração de RECURSO!!! Quanto às demais, teríamos o seguinte:

 

a-) Vênus - (isoladamente), substantivo somado à preposição “de”, configurando, juntos, locução adjetiva caracterizadora/determinante de “nuvem”, sendo-lhe Adjunto Adnominal sintaticamente;

c-) achado - termo em forma nominal do particípio, que, no contexto onde se encontra, se submeteu a uma “Derivação Imprópria” (Substantivação), passando , assim, a apresentar “valor substantivo”), porquanto estar anteposto a um determinante/acompanhante (adjunto adnominal) combinado a uma preposição “dos (de + os)”

d-) metano - trata-se efetivamente de “termo substantivo”, indicando o “nome” da substância respectiva.

 

Assinale a alternativa em que o período indicado, retirado do texto, NÃO apresente alguma estrutura em voz passiva.

A) Um grupo de pesquisadores sugere que a presença de metano nas quantidades observadas nas plumas de água que são ejetadas da lua de Saturno não pode ser explicada por qualquer mecanismo conhecido, salvo vida. (linhas 1 a 3)

B) O resultado lembra muito as conclusões dos pesquisadores liderados por Jane Greaves, da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, que detectaram fosfina nas nuvens de Vênus. (linhas 4 e 5)

C) O novo estudo, liderado por Régis Ferrière, da Universidade do Arizona, nos EUA, e Stéphane Mazevet, da Universidade Paris Ciências & Letras, na França, foi publicado na revista Nature Astronomy e segue a trilha dos achados da sonda Cassini, que em 2017 causou furor ao cruzar as plumas e detectar nelas a presença de hidrogênio molecular e metano. (linhas 7 a 9) D) É de lá que partem as plumas, ejetadas a partir de fissuras no gelo. (linha 11)

E) Eles apontam que das duas uma: ou está rolando metanogênese por micróbios no interior de Encélado, ou há algum fenômeno desconhecido, sem igual na Terra, capaz de gerar a substância. (linhas 20 e 21)

 

COMENTÁRIOS: Consoante as formas verbais destacadas em cada assertiva, as quais enunciam e evidenciam representação de alguma categoria de “Voz Passiva”, resta-nos como alternativa para configuração enquanto gabarito a letra “E”.

 

Um grupo de pesquisadores sugere que a presença de metano nas quantidades observadas nas plumas de água que são ejetadas da lua de Saturno não pode ser explicada por qualquer mecanismo conhecido, salvo vida. (linhas 1 a 3) A palavra sublinhada no período acima se classifica como

A) adjetivo.

B) substantivo.

C) partícula expletiva.

D) verbo.

E) palavra denotativa.

 

COMENTÁRIOS: O sintagma em destaque se enquadra nos moldes inerentes à classificação dos vocábulos concebidos como “PALAVRAS DENOTATIVAS”, no contexto, particularmente, tratando-se de “PALAVRA DENOTATIVA DE EXCLUSÃO”, ou seja: “não possuem nenhuma classificação morfológica específica na língua portuguesa, só possuindo classificação própria em relação ao sentido que acrescentam ao enunciado.”

 

Na Terra, fumarolas no fundo do oceano são o lar de muitas formas de vida metanogênicas: elas consomem hidrogênio e despejam metano. (linhas 11 e 12) O segmento sublinhado, em relação ao trecho anterior do período, tem a função de

A) explicação.

B) explicitação.

C) exemplificação.

D) enumeração.

E) especificação.

 

COMENTÁRIOS: Considerando o “perfil” do examinador da banca, julgando questões de provas pretéritas nas quais se “cobrou” mesma temática de abordagem, é provável que sugiram como gabarito letra “B”, com vistas a também se enquadrar em alternativa que justificaria o emprego de tal segmento, consistindo em ato de “tornar explícito, claro, sem margem para ambigüidades.”, não obstante, analisando o teor do que nos é requerido no comando da questão ademais o sinal de pontuação empregado (dois-pontos) o qual, no contexto apresentado, poderá nos remeter a uma “dupla função” gramatical, podermos também conceber como finalidade do trecho enfatizado uma “explicação” do que fora mencionado, ou seja, mais uma QUESTÃO COM POSSIBILIDADE DE RECURSO, por nos indicar como outra possibilidade de “gabaritação” ao quesito letra “A”.

 

Até porque há outros processos de geração de metano que não envolvem formas de vida, como a interação de água com certos minerais, no processo conhecido como serpentinização. (linhas 13 a 15) No período acima, empregou-se corretamente a forma do porquê. Assinale a alternativa em que isso também tenha ocorrido.

A) Esperamos que nosso desenho demonstre por quê, naquela cena, era impossível identificar a quantidade de pessoas presentes.

B) Por que estávamos esperando a chegada do depósito não podíamos ir adiantando outras tarefas?

C) Nunca se identificaria por que eles agiram daquela maneira.

D) Era muito difícil identificar as causas, por que a substância não tinha todas as suas propriedades ainda conhecidas.

E) Os objetivos porque lutamos não podem ser esquecidos.

 

COMENTÁRIOS:

 

a-) Deveria ser “POR QUE”

b-) Deveria ser “PORQUE” (as orações estão invertidas – subordinada antecipada à principal)

c-) Gabarito à questão

d-) Deveria ser “PORQUE”

e-) Deveria ser “POR QUE” com o valor de pronome relativo equivalendo a “pelos quais”

 

O resultado lembra muito as conclusões dos pesquisadores liderados por Jane Greaves, da Universidade de Cardiff, no Reino Unido, que detectaram fosfina nas nuvens de Vênus. (linhas 4 e 5) Assinale a alternativa em que, alterando-se o verbo sublinhado no período acima, tenha-se mantido a correção gramatical. Não leve em conta alterações de sentido.

A) O resultado almeja às conclusões dos pesquisadores...

B) O resultado imiscui às conclusões dos pesquisadores...

C) O resultado esquece das conclusões dos pesquisadores...

D) O resultado anui às conclusões dos pesquisadores...

E) O resultado alude as conclusões dos pesquisadores...

 

COMENTÁRIOS: Considerando que o item nos requer análise “puramente” gramatical, o que já é incoerente pelo fato de se tratar da temática regência, conteúdo que prioritariamente deve ser verificado contextualmente concebendo a semântica inerente à forma verbal que nos é apresentada, tem-se:

 

a-) Aspecto ambíguo, com vistas ao contexto nos permitir abstrair o verbo em análise como sendo V.T.D, com o sentido de “objetivar”, por exemplo, ou “aspirar”, neste caso como V.T.I., indicando-nos se tratar de mais uma QUESTÃO COM POSSIBILIDADE DE interposição de RECURSO

b-) Em que pese tratar-se de um V.T.I. a preposição empregada no contexto “a” não lhe é exigível, mas sim “em”

c-) Trata-se de forma verbal, assim como a do comando da questão, transitiva direta, não requerendo, portanto, em sua complementação, preposição

d-) Possível gabarito à questão (trata-se de V.T.I com o sentido de “estar de acordo”)

e-) Deveria ocorrer crase, com vistas a se tratar de um V.T.I por apresentar sentido de “fazer referência/menção”, exigindo, destarte, a preposição “a” que se contrairia com o artigo feminino plural “as” que acompanha o substantivo “conclusões”

 

- INSPETOR DE POLÍCIA CIVIL:

“Muitas vezes, há um currículo ajustado à matriz nacional, mas não há professores qualificados, as aulas são recheadas de preconceitos”, diz a autora de “Tornar-se Policial’’ (Editora Appris). (linhas 17 e 18) Assinale a alternativa em que, alterando-se o segmento sublinhado no período acima, se tenha mantido correção gramatical, independentemente da mudança de sentido.

A) não deve-se encontrar professores qualificados

B) não hão de existir professores qualificados

C) não poderão haver professores qualificados

D) não deveria existir professores qualificados

E) não deviam-se encontrar professores qualificados

 

COMENTÁRIOS:

 

a-) A questão apresenta equívoco de concordância verbal, com vistas a termos que considerar o “se” que se coaduna ao verbo auxiliar da locução como pronome apassivador e, já que o sintagma “professores qualificados” passa a ser concebido como sujeito paciente do enunciado, faz com que tal forma verbal tenha que estar flexionada no plural – “não DEVEM-se ...”

b-) Provável gabarito à questão pelo fato de termos caso de “Transferência de Pessoalidade” ocasionada pela forma verbal principal da locução verbal – “existir” (verbo pessoal e intransitivo), repassando sua condição ao auxiliar – “haver” este que, como terá no segmento “professores qualificados” seu sujeito, deverá flexionar-se no plural, como corretamente está, para com ele concordar, permitindo a transformação da locução verbal para o verbo simples “existirão”

c-) Temos caso de “Transferência de Impessoalidade” ocasionada pela forma verbal principal da locução verbal – “haver” (visto como impessoal por ser substituível por “existir”), repassando sua condição ao auxiliar – “poder”, devendo este assim estar grafado – “não PODERÁ ...”, permitindo a transformação da locução verbal para o verbo simples “haverá”

d-) Temos caso de “Transferência de Pessoalidade” ocasionada pela forma verbal principal da locução verbal – “existir” (verbo pessoal e intransitivo), repassando sua condição ao auxiliar – “dever” este que, como terá no segmento “professores qualificados” seu sujeito, deverá flexionar-se no plural – “não DEVERIAM ...”, permitindo a transformação da locução verbal para o verbo simples “existirão”

e-) Considerando se tratar de colocação pronominal ante locução verbal a qual apresenta como forma verbal principal verbo no infinitivo, mesmo havendo partícula atrativa – “não”, temos as seguintes possibilidades de construção: não se deviam encontrar; não deviam-se, ou deviam se, encontrar;  por fim, não deviam encontrar-se, indicando-nos, assim, que também configuraria possibilidade de ser considerada gabarito à questão sugerida. Portanto, evidencia QUESTÃO COM POSSIBILIDADE DE interposição de RECURSO.

No ano passado, 194 policiais foram assassinados no país, e 63% deles eram negros. (linha 1) Assinale a alternativa em que, alterando-se o segmento sublinhado no período acima, NÃO se tenha mantido correção gramatical. Não leve em conta as alterações de sentido.

A) e 0,98% deles se dizia negro

B) e 1,89% da população se diziam negros

C) e um quinto se dizia negro

D) e 42% da população se dizia negra

E) e dois sétimos deles se diziam negros

 

COMENTÁRIOS:

a-) A construção em voga não configura caso de “Sujeito Partitivo”, portanto, já que o núcleo do sujeito é representado pelo numeral “0,98%”, indicativo numérico de singular, a forma verbal está devidamente flexionada

b-) É caso de “Sujeito Partitivo”, portanto, há dois núcleos com os quais a forma verbal poderá concordar – “1,89%” (núcleo quantitativo indicativo de singular) e “população” (núcleo nominal indicativo de singular), assim o verbo “diziam” só poderia estar flexionado no singular. Gabarito, dessarte, à questão!!!

c-) A construção em voga não configura caso de “Sujeito Partitivo”, pois o núcleo do sujeito é representado pela expressão numeral “um quinto”, indicativo numérico de singular, assim, a forma verbal está devidamente flexionada

d-) É caso de “Sujeito Partitivo”, portanto, há dois núcleos com os quais a forma verbal poderá concordar – “42%” (núcleo quantitativo indicativo de plural) e “população” (núcleo nominal indicativo de singular), assim o verbo “diziam” poderia estar flexionado no singular ou no plural.

e-) A construção em voga não configura caso de “Sujeito Partitivo”, pois o núcleo do sujeito é representado pela expressão numeral “dois sétimos”, indicativo numérico de plural , assim, a forma verbal está devidamente flexionada

 

“A formação profissional está eivada de crenças, valores e preconceitos de um sistema de representação sobre o que é polícia, o que é criminoso, o que é mulher, o que é o menor e o que é o negro”, aponta. (linhas 22 e 23) Pela sequência sublinhada no período acima, os termos polícia, criminoso, mulher, menor e negro são, respectivamente,

A) adjetivo, adjetivo, adjetivo, substantivo, substantivo.

B) adjetivo, adjetivo, adjetivo, adjetivo, adjetivo.

C) substantivo, substantivo, substantivo, adjetivo, adjetivo.

D) substantivo, substantivo, substantivo, substantivo, substantivo.

E) substantivo, adjetivo, substantivo, adjetivo, substantivo.

 

COMENTÁRIOS: Questão prática e que exigia o conhecimento acerca dos processos de formação das palavras, em particular da “Derivação Imprópria” (Substantivação), portanto, julgando a contextualização como também o emprego das palavras as serem analisadas, tem-se como gabarito à questão a letra “D”.

 

O segmento Sobre o fato de negros serem as maiores vítimas da violência (linha 14) desempenha o papel sintático de

A) complemento nominal.

B) objeto indireto.

C) adjunto adverbial.

D) adjunto adnominal.

E) objeto direto.

 

COMENTÁRIOS: Trata-se de ADJUNTO ADVERBIAL DE ASSUNTO OU MATÉRIA TRATADA deslocado. Letra “C”.

 

“A formação profissional está eivada de crenças, valores e preconceitos de um sistema de representação sobre o que é polícia, o que é criminoso, o que é mulher, o que é o menor e o que é o negro”, aponta. (linhas 22 e 23) A palavra sublinhada no período acima está vinculada ao campo semântico de

A) quantidade.

B) intensidade.

C) impureza.

D) cristalinidade.

E) origem

 

COMENTÁRIOS: Considerando que o comando da questão está nos querendo análise vinculando o sintagma ao respectivo “campo semântico”, ou seja, o sentido/significado/conceito atinente ao vocábulo julgando o contexto onde se encontre, possivelmente será considerada como gabarito à questão a letra “C”, já que, consoante a etimologia aplicável à palavra, “eivada” esta apresentaria com sinonímia “contaminada” o que, pelo entendimento do trecho e as seleções lexicais, seria cabível gramatical e figurativamente, contudo, também concebendo o aspecto “semântico” aplicável ao contexto como um todo, a letra “A” também poderia configurar gabarito ao item , rementendo-nos, por esta ótica, ao sentido de “repleta”, o que nos evidencia que se trata de QUESTÃO, independente da alternativa adotada como gabarito, COM POSSIBILIDADE DE interposição de RECURSO.

 

Assinale a alternativa em que o termo indicado desempenhe função sintática idêntica à de ilegais (linha 9).

A) policial (linha 4)

B) devido à pandemia (linha 5)

C) dado pela corporação (linha 12)

D) pesquisadora da UFRJ (linha 16)

E) editada em 2014 (linhas 27 e 28)

 

COMENTÁRIOS: O sintagma em apreço configura sintaticamente “predicativo” do núcleo “bicos”, assim, temos:

 

a-) Gabarito à questão, pois o vocábulo “policial”, até por estar antecedido de forma verbal de ligação “é”, representa mesma função da desempenhada pelo termo do comando da questão

b-) Consiste em Adjunto Adverbial de Causa

c-) Trata-se de Adjunto Adnominal Oracional, representado por uma Oração Subordinada Adjetiva Restritiva Reduzida do Particípio

d-) Aposto Explicativo

e-) Trata-se de Adjunto Adnominal Oracional, representado por uma Oração Subordinada Adjetiva Explicativa Reduzida do Particípio

 

Na grade dos cursos há, por exemplo, determinação para que os aspirantes tenham acesso a um módulo de 14 horas de aulas sobre diversidade étnico-racial. (linhas 28 a 30) Assinale a alternativa em que o termo sublinhado no período acima esteja corretamente flexionado no plural.

A) étnicos-raciais

B) étnico-raciais

C) étnicorraciais

D) etnicorraciais

E) étnicos-racial

 

COMENTÁRIOS: Trata-se de um “Composto Adjetivo” formado por tais classes, devendo-se, pois, nesse caso, empregar-se o hífen. Como nos é apresentado um composto com essas características supramencionadas, para critério de pluralização, deve-se flexionar nesse número apenas o segundo elemento, ficando-se, assim, “étnico-raciais”, letra “B”.